Mobirise Website Creator

Avaliação de Imóveis

A avaliação imobiliária é a definição do valor estimado de mercado de um imóvel, seja ele urbano, rural, residencial, comercial ou industrial realizada de maneira técnica. 

Para conquistar o título de avaliador imobiliário os documentos do corretor devem ser aprovados pelo CRECI e COFECI, após análise minuciosa.

Após a comprovação dos requisitos, o profissional recebe sua certificação de registro de avaliador imobiliário, além de sua inclusão no Cadastro Nacional de Avaliadores de Imóveis (CNAI), garantia de uma maior segurança na hora de consultar e contratar um avaliador imobiliário.

A Perícia de avaliação imobiliária tem como objetivo estimar o Valor de Mercado de um “Bem Imóvel” através do PTAM (Parecer Técnico de Avaliação Mercadológica) na esfera judicial ou extra-judicial.

FINALIDADE EXTRA-JUDICIAL

Na esfera extra-judicial, o PTAM, poderá ser solicitada para: 

- Garantia em Crédito Hipotecário (bancos e instituições financeiras), a determinação do valor para efeitos fiscais.

- Avaliações patrimoniais para Empresas e Particulares, o estudo econômico e financeiro de um projeto de investimento, Avaliações para Prefeituras (expropriação / desapropriação / indenizações).

 - Avaliações para Consórcios Imobiliários.

- Avaliações de Patrimônio (Lei nº 11.441 de 04/01/2007 - Inventário, Partilha, Separação Consensual e Divórcio - Via Administrativa - Tabelionatos).

FINALIDADE JUDICIAL

Nas Perícias e Avaliações Judiciais o PTAM pode ser solicitado em casos de: 

- Inventário.

- Desapropriações.

- Indenizatórias.

- Reivindicatórias. 

- Demarcatórias.

- Divisórias.

- Perdas e danos.

- Renovatória de locação.

- Usucapião. 

- Reintegração e manutenção de posse interdito proibitório.

- Lucros cessantes.

- Avaliações de Bens para Penhora (Lei nº 11.382/06 de 22/01/2007 - escolhas dos bens pelos Credores), etc.

Métodos de Avaliação

Os métodos de Avaliações de Bens Imóveis estão regulamentados pela ABNT – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS e normatizada pela Norma Brasileira NBR 14.653 subdivididas em 04 partes:

PARTE 01 – 03/2001 – Procedimentos Gerais

PARTE 02 – 06/2004 – Imóveis Urbanos

PARTE 03 – 06/2004 – Imóveis Rurais

PARTE 04 – 01/2003 - Empreendimentos

De acordo com o objetivo da avaliação e valor a se determinar, utiliza-se fundamentalmente as cincos metodologias avaliatórias da NBR 14.653, que são:

Método comparativo direto de dados do mercado (ou método comparativo pela NB 502/89).

- Método Involutivo.

- Método Evolutivo ou do custo de reprodução (ou método do custo pela NB 502/89).

- Método da capitalização de renda (ou método da renda pela NB 502/89).

O PTAM (Parecer Técnico de Avaliação Mercadológica) é um documento essencial, com o objetivo de estimar o Valor de Mercado de um Bem Imóvel, tanto para pessoas Físicas como Jurídicas, nas esferas Extras-Judiciais e Judiciais, ou até mesmo para uma relação de compra e venda de imóveis, onde as partes necessitam de um parecer de confiança, e precisão do valor avaliado do imóvel em questão.